Extensão


O Curso de Licenciatura em Teatro, do Departamento de Artes da UNIR, conta, atualmente, com o projeto Mostra de Encenações do DArtes/UNIR, que é coordenado pelo prof. Dr. Luciano Oliveira.

A partir das experiências artístico-pedagógicas desenvolvidas nas disciplinas de encenação e direção teatral, foi criada a Mostra de Encenações do DArtes/UNIR, tendo já sido realizadas, desde 2018, quatro edições dessa mostra: três presenciais e uma virtual. Em síntese, no evento é proposta a exibição pública de espetáculos, cenas teatrais e outras experiências artísticas criadas pelos (as) discentes, ex-discentes, docentes e técnicos do Curso de Licenciatura em Teatro da UNIR. Em 2021, a III Mostra de Encenações foi realizada de forma on-line, a partir da aprovação de um projeto análogo num edital da Lei Aldir Blanc de 2020. No último dia desse evento fizemos o seminário Processos Criativos em Tempos de Pandemia de COVID-19: do teatro convivial à arte tecnovivial.

Já em 2022, a IV Mostra voltou a ocorrer presencialmente, no Teatro Guaporé, em Porto Velho, e contou com apresentações teatrais ao vivo, apresentações teatrais gravadas e com exibições de experimentos tecnoviviais (vídeos, vídeo-performances e vídeo-teatro-performativo) desenvolvidos ao longo da pandemia.

Bolsistas PIBEC (agosto de 2021 e julho de 2022): Aléxia Mille, Jonathan Ignácio e Rafael Brito.

 

O Departamento Acadêmico de Artes da UNIR desafia os professores, técnicos e alunos do Curso de Licenciatura em Teatro a serem agentes de mobilização sócio-político e de democratização da arte teatral em Rondônia, bem como de seus congêneres artísticos, respeitando-se sempre as culturas, fazeres, crenças e produções artísticas locais. Nesse sentido, é realizada também, anualmente, a Semana Acadêmica de Teatro (cuja edição mais recente aconteceu em 2022) que busca fomentar as artes cênicas em diálogo constante com o imaginário das populações rondonienses, desenhando princípios de acesso ao teatro, e auxiliar na formação de professores, atores e diretores enquanto agentes educacionais e culturais e agregadores de seres humanos, proporcionando a inclusão social.

 A extensão veio antes da criação do Curso Licenciatura em Teatro, até como forma de mapear a demanda existente na cidade, daí surgiu a CIA. Peripécias de Teatro da UNIR. A companhia Peripécias nasceu em 2008, na Pró-reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA) tendo no elenco professores, técnicos e alunos da universidade e da comunidade. Em 2010, com a abertura dos cursos de Artes, o grupo se vinculou ao DArtes. No currículo da companhia estão os seguintes trabalhos já apresentados: “A nudez nossa de cada dia” (2008/2009), “Teu resto é meu coração” (2010), “Cenas Cômicas” (2011) , “Tabule” (2012), "Cassandra, Br-trans-amazônica" (2017), “Refugiados Show” (2021), dirigidos pelo professor Júnior Lopes;  “Diários de Insônia” (2011/2012), dirigido pelo professor Eder Rodrigues; “Exercício nº 1: a cidade” (2014), ”CIDADE GRANDE, joão ninguém” (2016), dirigidos por Adailtom Alves e Alexandre Falcão, todos professores do Departamento de Artes – Curso de Teatro.

Além disso, muitas foram as ações já realizadas como o projeto “Terças e Quintas Cênicas”, que consistia em apresentações artísticas na Sala do Piano, na Unir Centro; ações artísticas realizadas dentro do Programa de Extensão Integrarte, bem como outras específicas, como oficina de “Dança-Teatro” e encontros no campo da memória, como “Conversas de Quinta: arte e cultura em debate”, “Gepeta Malagueta: Grupo de Estudo e Pesquisa em Teatro de Animação”,  coordenados pelos professores Luiz Lerro, Adailtom Alves e Luciano Oliveira, respectivamente.

Mais recentemente, pelo programa DArtes [Em]Cena: Teatro, Política & Sociedade (concluído em 2022, sob coordenação do prof. Luciano Oliveira, contando com a participação de todo o corpo docente do Curso de Teatro), foram desenvolvidos diversos projetos, como o projeto Trupe dos Conspiradores: Pesquisa e Prática em Encenação e em Atuação; e o projeto Por Dentro do Teatro, este último sob coordenação da profa. Jussara Trindade Moreira. 

A Trupe dos Conspiradores (https://www.trupedosconspiradores.com.br/) montou o espetáculo "Inimigos do Povo", em 2018, e está em processo de investigação do espetáculo "Fegues", a partir do texto homônimo de Luciano Oliveira.